Brother ScanNCut

A máquina que molda a sua criatividade.

8
0
10 ago 2020

Venda mais os seus produtos artesanais!

“Meus projetos têm um ótimo acabamento, trabalho com amor em cada detalhe e sempre busco ser criativo e original. Mas vender que é bom? Nada!!!”. Você se reconheceu nessa situação?! Possivelmente pode ser que sim, pois essa é a queixa de muitos artesãos atualmente. Pensando nisso, separamos três etapas fundamentais para avaliar e ver se não está “pecando” em alguma delas!

Responda aí: quem é o seu cliente?!

Muitas vezes, o artesão faz peças aleatórias e depois busca clientes para comprá-las. Cuidado! O caminho é o inverso! “Como assim?”, você pode estar se perguntando. Calma, não precisa ficar nervoso, vamos explicar tim-tim por tim-tim…

Você já ouviu falar em nicho de mercado? Muitos artesãos acham que, para vender muito, é preciso abraçar o mundo! Contudo, a grande dica é apostar em um público-alvo específico, ou seja, escolher o seu nicho! Quando você faz isso, torna-se referência em uma determinada área.

Vamos a um exemplo prático! Seu nicho pode ser “mamães”. Então, seu ateliê pode oferecer um imenso leque de produtos para esse público, como porta-maternidade, decorativos para quarto de bebê, lembranças de batizado… Ou seja, quando uma mamãe pensar em projetos artesanais para o mundo infantil, seu ateliê virá à cabeça dela, pois você é especialista neste segmento!

Ah, lembre-se: a escolha do nicho deve ser baseada em três pilares. São eles:

  • Conhecimento – você tem que ser expert em tais técnicas e, cada vez mais, se aprimorar para oferecer o melhor ao seu cliente;
  • Amor – esse ingrediente é fundamental para seu negócio ter força;
  • Rentabilidade – estude se o nicho escolhido tem procura no mercado.

• Não vai dizer que tem vergonha de divulgar seus produtos…
Conhece aquela velha frase: “A propaganda é a alma do negócio”? Pois bem, ela é eficaz até nos dias de hoje! De nada vai adiantar você ter projetos maravilhosos e não apresentá-los ao mundo! E quanto mais profissional for esta divulgação, mais respeito terá o seu negócio!
Uma boa alternativa para apresentar os produtos artesanais de sua empresa é ter um perfil atrativo nas redes sociais. Sendo assim, confira algumas dicas para ter sucesso:

  • tenha uma identidade visual do seu ateliê e sempre a utilize em seus posts (isso vai ajudar a fixar a sua marca);
  • faça boas fotos dos seus produtos;
  • não venda apenas produtos ou serviços nas redes sociais. Lembre-se: quanto mais você se relacionar com seus seguidores, mais próximos eles ficarão de você e, consequentemente, irá conquistar vendas!

Para completar, divulgue seus produtos em grupos de Whatsapp, em lojas parceiras e até entre amigos e família. Mostre-se ao mundo, temos a certeza de que seu trabalho é permeado de muito profissionalismo e amor!

• Seu produto tem um valor real?
Essa questão ainda confunde muitos artesãos! Afinal, se você não contabilizar corretamente o valor do seu produto, terá aquela sensação de trabalhar muito, mas nem ver nem a cor do dinheiro… Oh, céus!!!

Por isso, papel e caneta na mão para contabilizar:

  • todos os materiais que usou no projeto;
  • custos que teve com a embalagem;
  • custos fixos, tais como luz, internet, transporte… Se o seu ateliê for na sua própria casa, defina um porcentual para os custos de sua produção. Por exemplo: seu ateliê é responsável por 10% de sua conta total de luz. Outra boa dica é dividir os custos fixos totais pela quantidade de peças produzidas naquele determinado mês.

Por fim, pratique o benchmarking! Você não faz nem ideia do que seja isso? É simples: analise o valor dos produtos de seus concorrentes e veja se o seu está dentro do esperado. Essa prática é importante em qualquer empresa! Caso o valor do seu produto esteja muito acima, estude em quais etapas pode economizar para garantir um valor mais justo. Nada de baixar o valor de seus produtos sem contabilizar, combinado? Afinal, sua empresa precisa ter lucro, e não prejuízo!

8


Comentários 0

Escreva um comentário


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mostrar todos